CARIDADE É O CAMINHO



Fora da caridade não há ambiente para o verdadeiro Amor, mas a verdadeira caridade igualmente não se expressa sem o ato amoroso que se irradia do coração para todas as frentes de trabalho onde o Bem é a meta dos sentimentos.


Na verdade, a caridade é o caminho único para encontrarmos a paz de consciência, mas essa verdade somente é encontrada quando a praticamos por dever e, acima do dever, por prazer de sermos úteis a todos e a tudo em nossos caminhos.



Há muitos que interrogam sua própria alma: o que é caridade? E como fazê-la? Esses certamente desconhecem livros espíritas, pois essas obras são todas inspiradas nesta virtude grandiosa que dá e que é vida em todos os mundos habitados.



Se queres saber o que é caridade, nós te falamos novamente; podes começá-la dentro da tua casa, nos gestos generosos para com tua mulher e filhos, parentes e amigos, pai e mãe.



Entrementes, antes que o faça dentro do teu lar, faze-o contigo mesmo, cortando as arestas dos teus impulsos inferiores, caso os tenha, amansando a tua fala diante dos outros.



A caridade é luz que brilha em toda a parte, como sendo o perfume de Deus a alentar os que sofrem.



Se te sobrarem algumas horas por dia, meu irmão, nas deixe vazias e sabes como pode preenchê-las: pela caridade, por ser semente de luz a te trazer frutos de paz para o próprio coração.



Podes fazer caridade nos atos de bondade para com o próximo, nos momentos adequados, sem que essa bondade transforme em decadência o homem verdadeiramente bom. Mescla-a com a energia cristã, sem deixar-te também pular para o reino da violência.



Jesus foi a expressão máxima da caridade na Terra e nos deixou exemplos vivos do maior equilíbrio na beneficência, acendendo luzes em todos os assuntos da própria vida.



Se a caridade é o mesmo Amor, não podemos nos esquecer de amar no mesmo nível do amor do Mestre para conosco.



O mundo está cheio de exemplos que brilham mais que o sol e nos fornecem água de vida mais que os mares e rios, valores maiores que o próprio ar, pela grandeza da fé que nos apresentam por todos os meios.



Jesus nasceu na Terra por ato de Deus, pelo Seu grande amor às criaturas, traduzido no envio do próprio Filho para iluminar todos os nossos caminhos.



Tornaremos a dizer que, fora da caridade não pode haver vida, porque ela é a razão pura da fraternidade, florindo como amor nos reinos dos corações que expandem esses sentimentos salvadores.



Quem começa a melhorar, somente pode dar início à renovação, pela caridade.




Scheilla

'Flor de Vida' - João Nunes Maia


4 comentários:

NANDO DAMÁZIO disse...

Texto lindo, Carolzinha ..
A caridade é mesmo um dos caminhos que levam à salvação, e deve vir do coração !!

Beijão !! ;-)

Carol disse...

Vamos praticar Nandinho, vamos praticar!! Bjs no seu coração!

Carol disse...

Dri=> Beijo grande, e um abraço bem apertado!

Adriana disse...

Obrigada, Carol!!!

Texto maravilhoso, hein? ;)

Beijos!!!