ESPERA E CONFIA



Eis a dupla singular
- Escora que nos descansa:
Sentir sem desanimar,
Nunca perder a esperança.

Se sofres, serve e confia,
Não te queixes, nem te irrites.
Espera. A bênção de Deus
É proteção sem limites.




Carlos A. Baccelli - Espíritos Diversos

4 comentários:

disse...

Olá minha querida!

Esperança!como viver sem ela se a perdermos o que será da nossa existência?

fique com Deus e na sua Paz!

Rô!

Carol disse...

Rô - Você esta certa, sem a Esperamça e sua irmão gêmea a fé nossas vidas seriam bem mais duras. Bjs, Vó, irmã e mãe querida

Du disse...

Que lindo poeminha!!!

beijos

Carol disse...

Que bom q a poeta da Blogesfera gostou! Fui escolhida por ela!! Fica com Jesus!